quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Concepções

Muitas vezes me pego vagueando em meio ao meus conceitos, me perguntando o que isso, o que é aquilo... Felicidade exite? Amor verdadeiro? Vida plena? É confuso e muita vezes difícil respondê-las, geralmente é nessa hora, quando meus neurônios estão começando a dar choques, que eu paro e faço um ultima pergunta. Não será muita pretensão da minha parte querer entender o mundo? A resposta varia, varia assim como um dia nasce nublado, chuvoso e morre quente e abafado. Se sou bipolar? Também não rs pelo menos não diagnosticadamente falando.  Enfim... o que acontece é que você, assim como o mundo, está em constante transformação e logo, os conceitos de ontem não serão os mesmos de hoje... difícil é perceber que não precisamos rotular coisas, nomear, explicar ou classificar nada,  conviver com a experiencia e as sensações costuma ser mais agradável que ficar martelando ou buscando lógica racional em um evento qualquer. Saber alternar entre o observador e o pesquisador é tão fundamental quanto respirar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário